28/12

Vantagens em cultivar produtos orgânicos

Quando vamos ao mercado ou a feira, sempre procuramos as frutas e vegetais que aparentam ser mais saudáveis. Porém, você já se perguntou qual o caminho que aquele alimento tomou para chegar até ali? Quem plantou ele, certamente tomou uma série de decisões e também cuidou para que aquele produto crescesse o mais saudável possível.

Pode até ser que, aquele produto que você pegou em mãos no mercado, foi produzido levando em conta os princípios do não uso ou uso indiscriminado de agrotóxicos. Para o produtor, esse processo se torna uma vantagem na produção, pois diminui os gastos e também dá a certeza da entrega de um alimento saudável.

Segundo informações do site Organis, o Brasil assume desde 2008 o posto de país que mais usa agrotóxicos para manter as pragas longe das plantações. Essa informação se transforma em um alerta para que empresas privadas e órgãos públicos conscientizem produtores e consumidores a valorizar a produção orgânica.

As vantagens são inúmeras. Para começar, a biodiversidade da terra é mantida, gerando um baixo impacto ambiental. Com isso, o solo fica com maior concentração de nutrientes, que são translocados para o alimento plantado.

Para o produtor, a utilização de recursos mais naturais na hora do cultivo também gera economia maior. Esse baixo custo vem a partir da utilização de técnicas específicas e muitas vezes fáceis de conseguir na própria propriedade.

Produtos Ferticel

Em sua linha de produtos, a Ferticel apresenta soluções para quem trabalha com orgânicos. Os fertilizantes da linha orgânica se diferenciam pela concentração de nutrientes, matéria orgânica e substâncias orgânicas, possuem certificação do órgão IBD  e podem ser adquiridos nas versões granulado, peletizado e farelado.

Granulado: para culturas de grãos, pois permite ser usado em plantadeira.

Peletizado: é direcionado para pastagens sendo aplicado somente a lanço com equipamentos específicos .

Farelado:  para hortaliças, com aplicação também a lanço. Por tratar-se de culturas de ciclo mais rápido necessita de menor granulometria para acelerar a dissolução no solo.

Foto PIXABAY